Browsing Category

Star Wars

Biografia, Cinema, Geek, Livros, Star Wars

Resenha: Como Star Wars Conquistou o Universo, Chris Taylor

Em 2015 eu decidi que estudaria como foi feito o Marketing de Star Wars para a pós-graduação. Foi então que descobri esse livro, que é quase uma biografia do mundo criado por George Lucas. Se já admirava o trabalho feito antes, agora que li sou ainda mais fã desse criador e acabei completamente apaixonada pelo mundo que ele criou e pelo cuidado que os fãs têm com essa história.

Por várias gerações, Star Wars tem arrastado fãs de todas as idades aos cinemas, às lojas de brinquedos, às livrarias — praticamente a todo lugar que se vai, Star Wars está presente como uma entidade maior do que os filmes da saga. É indiscutivelmente o maior fenômeno da cultura pop, tão abrangente em todos os sentidos que mesmo aqueles que não assistiram ao filme conhecem a figura de Darth Vader e a maior revelação da história criada pelo cineasta George Lucas.
Em um trabalho jornalístico surpreendente, Chris Taylor revela segredos que até o fã mais radical desconhecia, derruba e confirma antigos mitos e rumores sobre sua produção, e dá voz a todo mundo que foi relevante na criação de Star Wars como um todo, de aliados a desafetos de George Lucas. Porém, apesar de falar sobre Star Wars, o livro vai muito além: fala sobre cinema em geral, administração, gerenciamento de marca e até determinação pessoal.
Fonte: Skoob

A não ser que você tenha evitado muito, possivelmente esbarrou em alguma coisa de Star Wars. Fã ou não, deve conhecer alguns dos personagens mais marcantes ou até mesmo a trilha sonora. Nos últimos anos, talvez viu brindes, linhas especiais para lojas ou mesmo um balde de pipoca. Tudo isso porque Star Wars já é parte da cultura global e também porque a série renasceu em dezembro de 2015, com o início de (mais) uma nova trilogia e spin-offs. Com a chegada do primeiro filme, Star Wars estava, literalmente, em todos os cantos – e, pelo visto, vai continuar até que terminem todos os seis filmes esperados nessa nova fase (sim, seis!). Mas isso não é nenhuma novidade para essa franquia.

Eu só fui assistir Star Wars depois de seis filmes lançados – bem depois, aliás. Meu conhecimento sobre esse universo era bem pequeno, então Chris Taylor me ajudou a me situar em todo o histórico dessa narrativa. Como foi que George Lucas criou essa história? Em que se inspirou? Star Wars foi sorte de principiante ou é genial? Tudo explodiu já com o primeiro filme?

A narrativa te envolve desde a história de George Lucas e como o que ele assistia quando era criança e adolescente o influenciou. Conhecemos quais trabalhos Lucas fez e onde queria chegar. Lemos sobre o lançamento do primeiro filme, quando vieram os livros, produções que não deram tão certo e como o mundo foi dominado por action figures e um milhão de produtos de saga. Passamos pelos lançamentos de todos os filmes, lendo sobre seus perrengues e sucessos. Tudo baseado em entrevistas e pesquisa histórica. Essa leitura é uma viagem no tempo e na cultura pop/geek.

Sobre a história de Star Wars mesmo esse livro não trata. Mas te instiga a querer saber mais, a ver na tela as cenas que conhecemos pelos bastidores. Mas o que mais teve destaque para mim foi ler sobre como os fãs receberam a história, como se apropriaram dela, como cuidam dela hoje e a mantém viva. Se crianças hoje brincam com sabres de luz, é porque existe uma geração de pais que mostrou os filmes para eles. Isso sempre foi visto pelos responsáveis por Star Wars pelo lado positivo, então esse relacionamento com os fãs sempre foi valorizado e respeitado.

No livro, lemos sobre um museu de objetos relacionados à saga que foi criado por um fã, sobre um exercito de storm troopers, sobre organizações que fazem réplicas dos droids dos filmes. Star Wars é muito mais que filmes e Chris Taylor nos conta em detalhes como isso aconteceu. Apesar de ser uma delícia ler tudo isso, é também cansativo. São mais de 600 páginas carregadas de conteúdo, então não é aquela leitura para relaxar no fim do dia. É um livro maravilhoso para quem já é fã de Star Wars e quer saber ainda mais, mas também ótimo para quem, mesmo não sendo fã, é curioso e quer entender de onde vem todo esse burburinho.

Ficha Técnica
Autor: Chris Taylor
Editora: Editora Aleph
Ano: 2015
Páginas: 616
ISBN-10: 8576572796

*As fotos utilizadas nesse post foram feitas na Star Wars Experience, no Madame Tussauds, em Londres, em agosto de 2017.

Cinema, Livros, Star Wars

STAR WARS: COMO O UNIVERSO SE EXPANDIU

Há algum tempo, no que poderia ser uma galáxia muito distante, Star Wars quase virou história. Possivelmente ninguém imaginava que hoje, quase 40 anos depois do lançamento do primeiro filme, as vitrines das livrarias estariam abarrotadas de livros que se passam no universo imaginado por George Lucas. Sim, o primeiro filme foi um sucesso, assim como os outros dois, mas tudo parecia encerrado ali. A história tinha sido contada, Darth Vader derrotado e cada um podia imaginar o que aconteceria na galáxia.

Em palavras duras, Star Wars sobreviveu por alguns caprichos de seu criador: o Rancho Skywalker e a Lucasfilm. George Lucas criou esse império, um local gigantesco para sua empresa, mas ele não queria mais criar filmes sobre Star Wars e seus filmes experimentais não teriam lucro suficiente para sustentar a estrutura. Nesse período, foram feitos alguns filmes para a televisão e continuavam sendo publicados quadrinhos, mas depois 1985, Star Wars começou a perder a força.

Foi quando, em 1988, o universo começou a se expandir para os livros. O primeiro, Herdeiro do Império, foi publicado apenas em 1991, mas em dois meses tornou-se um best-seller do New York Times e mostrou como o universo podia ser explorado em outro formato. Se você se espanta com o número que parece infinito de livros sobre a saga, não está errado: só em 1997, 22 novos livros de Star Wars chegaram às lojas. Na verdade, entre 1991 e 2013, pelo menos dez romances sobre a saga foram lançados por ano. Hoje, temos cerca de 260 romances, dezenas de contos e mais de mil quadrinhos publicados, escritos por mais de 120 escritores.

As novas histórias mantiveram vivo o interesse pelo universo, que voltou para as telas em 1999 com filmes que, apesar da bilheteria de sucesso, não agradaram muito. Mas nesse momento, mesmo com a decepção, Star Wars já tinha se tornado algo maior do que seus filmes e livros. Hoje, é parte da nossa cultura. É difícil conhecer alguém que não saiba quem é Darth Vader, mesmo que não tenha assistido nenhum dos filmes. Mas é quase impossível conhecer tudo o que se passa nesse universo.

Quando a Disney comprou os direitos da história, ela desconsiderou grande parte da produção existente para facilitar o entendimento da linha do tempo. Nasceu então o título Legends, como são classificadas as histórias que não estão na linha do tempo oficial e podem ser consideradas apenas lendas. Os livros que fazem parte da linha do tempo oficial são os chamados Cânone. Os novos lançamentos estão nessa categoria. A parte boa é: não há uma regra de como ler, então dá pra aproveitar apenas um livro ou então seguir com vontade e mergulhar na galáxia muito, muito distante.

Quem já se aventurou pelo universo expandido de Star Wars? Qual o livro que mais gostou? Conta pra gente nos comentários!

Ah, as informações desse post foram tiradas do livro Como Star Wars Conquistou o Universo, do Chris Taylor.